Ana Clara Cabral
Advogada, Professora, Escritora, Poetisa.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário Textos FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
As flores têm cheiro de vida!


Eu vejo poesia no cerrado.
Tem dias que a gente sente; no outro, a gente escreve.
Eu vejo verde no cerrado.
Tem dias que é silêncio; no outro, só paisagem.
Eu vejo sol no cerrado.
Tem dias que a gente aquece; no outro,
é sol que arde.
Eu vejo flores no cerrado.
Tem dias que vira espinho e espeta; no outro, apenas FLORescem.
Eu vejo vento no cerrado.
Tem dias que ele sopra; no outro, só resseca.
Eu vejo poesia no cerrado.
Tem dias que é só poema; no outro, é só poeta.
Ana Clara Cabral
Enviado por Ana Clara Cabral em 07/05/2018
Alterado em 07/05/2018

Música: TRISTESSE - CHOPIN

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

A lira da alma feminina R$20,00
Meu amigo Bily R$25,00